1 de junho de 2018. Aniversário de 22 anos de casados dos meus pais. Eu nasci exatamente 1 ano e dezoito dias depois, em 19 de junho de 1997. Eles casaram em 1996. Perguntei à minha mãe: “Você lembra como era a vida antes de eu nascer? Que coisa estranha”. Ela disse: “Sim, eu lembro. Não tinha graça”.

Como eu poderia achar estranho a vida que veio antes de mim? Logo eu? Quer dizer… como se eu fosse o dono do mundo? Antes de mim vieram meus pais, e antes deles meus avós, e antes deles veio Jesus, e antes dele a Cleópatra, antes dela os dinossauros e, antes deles, a explosão…. afinal eu sou o quê? Se eu vim e vou numa fração de segundo? A minha vida, de repente, perdeu o sentido. Estou me perdendo… estou esquecendo… quem sou eu? O que sou eu? Será que sou tão importante assim para o mundo?

Aí percebo:
sem eu aqui, não teria graça.
Eis o sentido da vida.

Untitled-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s